apoio

Re-hidratação
Materiais utilizados nesta etapa: óleo mineral, glicerina, escova de dentes ou pincel.

Depois de todos estes processos de limpeza a coloração natural da concha pode ficar opaca. O uso de um óleo mineral tipo óleo Johnson, recupera e intensifica as cores da concha. Aplica-se com auxílio de um pincel ou escova de dentes, deixando-se escorrer o acesso sobre uma papel toalha.

Quando o periostraco não é removido, a lavagem faz com que o mesmo após seco fique todo quebradiço. Para mantê-lo, deve-se aplicar glicerina misturada com um álcool. Esta mistura deve ser aplicada enquanto o periostraco estiver molhado e macio.

Esta etapa não é necessária em conchas que possuem a superfície esmaltada como as cypraeas e as olivas. Sua superfície esmaltada não permite a absorção do óleo. Nestas conchas pode-se aplicar uma camada de silicone ou mesmo lustra móveis à base de silicone para criar uma película protetora contra poeira se desejado.

 


Depois de todas as etapas de limpeza a concha perde seu brilho natural.

Depois da aplicação de óleo mineral, as cores ficam vivas novamente.

O periostraco não recebeu nenhum tipo de tratamento, ficando sêco, sem cor e vai decolando com o tempo. Nesta fase ele não pode mais ser recuperado.

Periostraco tratado com glicerina mantêm sua cor e textura macia.

Observação: Em algumas conchas vendidas para artesanato é aplicado verniz para dar cor à concha, óbviamente este método não deve ser utilizado em conchas de coleção.

 

 

Glossário | Referências | Créditos | Copyright

© 2001 - 2021 Conquiliologistas do Brasil